Mc carcarás do ingá

Mc carcarás do ingá
itacoatiaras de ingá - PB

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Ducati anuncia nova tabela de preços no país



A Ducati Brasil divulga a nova tabela de preços públicos sugeridos para sua linha de motocicletas nacionais e importadas comercializadas no país.

O consumidor pode obter o endereço da concessionária da marca italiana mais próxima de sua localidade no site ducati.com.br e pelo telefone 0800-7382284.

A fabricante de Bolonha ainda deve expandir a linha de motos no mercado nacional com o lançamento da Monster 821, que já aparece com informações no site da Ducati se posicionando entre as versões 796 e 1200. 

MODELO/VERSÃO
PREÇO
Monster 796
R$ 37.900
Monster 1200
R$ 64.900
Monster 1200 S
R$ 73.900
Diavel Cromo
R$ 59.900
Diavel Dark
R$ 59.900
Diavel Carbon 2014
R$ 69.900
Diavel Carbon 2015
R$ 74.900
Multistrada 1200 ABS
R$ 59.900
Multistrada 1200 S Touring
R$ 71.900
Multistrada 1200 S Pikes Peak
R$ 81.900
1199 Panigale ABS
R$ 72.900
1199 Panigale S
R$ 87.900
1199 Panigale S Senna
R$ 100.000
Hypermotard
R$ 44.900
Hyperstrada
R$ 49.900

Foto: Ducati/Divulgação

Mercado: vendas de motos diminuem 10,5% no primeiro semestre do ano

O número de emplacamentos nos primeiros seis meses de 2015 foi de 641.796 unidades; em junho, mercado recuou 2,6%

 

Foto: Mario Villaescusa

Os primeiros seis meses do ano não foram nada animadores para o segmento de duas rodas. No período, foram emplacadas 641.796 motocicletas, número 10,5% inferior na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram vendidas 717.707 unidades. Os números são da Fenabrave, Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores.

Só a Honda vendeu na primeira metade do ano 519.575 unidades, mantendo sua participação de mercado na casa dos 80%. A Yamaha ficou em segundo lugar com 76.058 e 11,8% do total, seguida da Suzuki: 9.750 e 1,5%. Dafra (8.129) e Shineray (5.304) completam o top-5.

No mês de junho, o mercado de motocicletas caiu 2,6%. Foram 101.130 unidades comercializadas nesse intervalo contra 103.866 em igual mês de 2014. Se o confronto for com maio, a queda é um pouco maior: 4,1% (105.506).


 

10 motos mais vendidas no 1º semestre de 2015



Fonte: g1.globo.com

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Shineray inaugura fábrica no complexo de Suape

 
A Shineray inaugurou na segunda-feira (29/06) o Complexo Industrial de Suape (PE) para a produção de motos da marca chinesa no Brasil. A unidade, fora do seu país de origem, é a única planta industrial em território nacional a fabricar motos fora da Zona Franca de Manaus (AM). A abertura da unidade contou com a presença do governador de Pernambuco, Paulo Câmara. A fábrica fica situada à Estrada TDR Norte, 3005 – Complexo Industrial Suape.
 
Em uma área de aproximadamente 210 mil m², a montadora conta com uma área construída de 60 mil m². No total, foram investidos R$ 130 milhões e a unidade terá uma capacidade de produção total de 250 mil unidades por ano. “Iremos empregar, a princípio, 250 profissionais em dois turnos de segunda a sexta, mas poderemos chegar a 350 empregos diretos”, revela Paulo Perez, diretor executivo da Shineray. A fábrica funcionará de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 14h às 18h.
 
Erguida exclusivamente com capital nacional do grupo pernambucano, os veículos de duas e três rodas serão montados na fábrica com peças trazidas da China sobre chassi nacional. A montadora produzirá 20 modelos de veículos ciclomotores, triciclos e quadriciclos já comercializados, além de lançamentos. Os produtos serão revendidos pelas 150 concessionárias localizadas em 25 estados do país. No total, a rede conta com 250 Pontos de Venda. Em 2014, a Shineray do Brasil S.A. registrou um faturamento de R$ 417 milhões
 
A partir de outubro, numa segunda etapa, a fábrica irá contar com laboratório de testes e pista exclusiva para motos On Road, Off Road e Street, laboratórios de montagem, armazenagem e qualidade. Há dez anos atuando no mercado nacional e consolidada no segmento de duas rodas, a Shineray do Brasil hoje assume a quinta posição do segmento e a meta é atingir o terceiro lugar já em 2016.
 
Perguntado se a crise ou a alta do dólar implica em impacto na saída dos produtos, Paulo Perez informa que busca eficiência ao invés de efetuar os repasses aos clientes. “Já houve um ajuste no início do ano e nosso desafio é pela eficiência e corte de custos. Com a montadora, entregaremos o produto totalmente montado e, com isso, a concessionária reduz oficina e depósito e aumenta seu espaço em show-room, o que reduz significativamente os atendimentos em pós-vendas”, exemplifica.
 
A Shineray tem sua matriz em Pernambuco, no município do Cabo de Santo Agostinho, sendo representada pela Brasil China Distribuidora de Motos e Peças S/A, localizada no município do Cabo de Santo Agostinho. Além das linhas de duas e três rodas, a companhia conta com distribuição de veículos de carga e passageiros.
 
Modelos fabricados
1 triciclo (Cargo 200)
3 quadriciclos (Future 150, Bravo 200, Strong 250)
5 modelos de motocicletas (Discover 250, Explorer 150, Fire 150, Jet 125, Bolt 250)
11 ciclomotores (Cross 50, Jet + 50, Jet 50, Phoenix + 5-, Phoenix 50, Liberty 50, Retro Ex 50, Venice 50, Retro 50, Bike 50, New Super Smart 50)
 
 
Fotos: Thiago Medeiros/Shineray
 
Fonte:  www.moto.com.br

Triumph Motorcycles anuncia nova tabela de preços




A Triumph Motorcycles Brasil divulga a nova tabela de preços públicos sugeridos para sua linha de motocicletas nacionais e importadas. Os preços incluem os custos de frete. 

O consumidor pode obter o endereço da concessionária da marca inglesa mais próxima de sua localidade no site triumphmotorcycles.com.br ou entrando em contato pelo e-mail sac@triumph.co.uk.

MODELOS
PREÇOS SUGERIDOS
Triumph Bonneville T100
R$ 32.490,00
Triumph Thruxton
R$ 33.490,00
Triumph Street Triple 675 (com freios ABS)
R$ 33.490,00
Triumph Street Triple R 675 (com freios ABS)
R$ 36.490,00
Triumph Tiger 800 XRx
R$ 42.190,00
Triumph Tiger 800 XCx
R$ 45.390,00
Triumph Tiger Sport (com freios ABS)
R$ 45.990,00
Triumph Speed Triple (com freios ABS)
R$ 43.990,00
Triumph Daytona 675 (com freios ABS)
R$ 41.990,00
Triumph Daytona 675R (com freios ABS)
R$ 48.690,00
Triumph Thunderbird Storm (com freios ABS)
R$ 51.690,00
Triumph Thunderbird Commander (com freios ABS)
R$ 54.790,00
Triumph Tiger Explorer (com freios ABS)
R$ 57.990,00
Triumph Tiger Explorer XC (com freios ABS)
R$ 63.990,00
Triumph Rocket III Roadster (com freios ABS)
R$ 72.940,00
Triumph Trophy SE (com freios ABS)
R$ 82.090,00

Foto: Triumph/Divulgação

Fonte: www.moto.com.br

Honda CBR 1000RR Fireblade ganha edição limitada Marc Márquez

Importada do Japão, versão 2015 em homenagem ao bicampeão da MotoGP terá apenas 93 unidades no país



 A Honda anunciou a chegada da versão 2015 da esportiva CBR 1000RR Fireblade no Brasil. Mantendo o mesmo conjunto do modelo 2014, terá apenas novo esquema de cores e série limitada. O modelo virá como edição “Marc Márquez”, com visual exclusivo e numerado a 93 unidades (menção à combinação usada pelo piloto espanhol nas pistas); além da opção tricolor – azul, vermelho e branco –, inspirada na equipe Honda HRC (Honda Racing Corporation). Importada do Japão, os valores são R$ 69.900 e R$ 66.500, respectivamente.

O motor de quatro cilindros e 999,8cc desenvolve 180,8 cv de potência a 12.250 rpm e torque de 11,6 kgf.m a 10.500 rpm. O peso é 191 kg.




 



 

terça-feira, 30 de junho de 2015

Na presença de Rossi, Yamaha revela edição comemorativa da YZR-M1

Modelo de competição ganhou as cores amarela e preta em celebração ao aniversário de 60 anos da marca



A Yamaha apresentou durante o tradicional festival de Goodwood, no Reino Unido, uma coloração especial da YZR-M1, moto com a qual Valentino Rossi e Jorge Lorenzo disputam a MotoGP. O modelo, com as cores predominantes amarela e preta, celebra o aniversário de 60 anos da marca de origem japonesa. Há 10 anos, Colin Edwards competiu em Laguna Seca com uma moto que tinha cor semelhante, à época fazendo menção aos 50 anos da Yamaha.

Rossi esteve presente no evento pela primeira vez e desfilou com a moto para o público. O piloto, que venceu no último sábado o GP da Holanda, se encontrou com outras lendas da motovelocidade e viu de perto modelos icônicos, como a RD56 ano 1965 de Phil Read, a YZR500 OW23 ano 1975 de Giacomo Agostini e a YZR750 OW31 de 1978 de Kenny Roberts.

“Foi um fim de semana incrível. Saí do pódio em Assen e fui direto para o Reino Unido, mas estou muito feliz em participar do Festival Goodwood. Eu conhecia o evento, mas nunca tinha estado lá antes, é mais impressionante do que eu imaginava. A atmosfera foi boa, especialmente quando dei uma volta na YZR-M1. Tive grandes momentos e memórias que jamais esquecerei”, falou.

Fonte: www.revistaduasrodas.com.br

 
 



















Veja mais detalhes da moto neste vídeo:




 




 

Indian montará cinco modelos no Brasil, e planeja mais

CKD será feito na planta da Dafra, em Manaus (AM), e incluirá modelos de menor cilindrada nos próximos anos



A americana Indian, concorrente direta da Harley-Davidson, já havia marcado o lançamento no país para o próximo Salão Duas Rodas, em outubro. Agora a marca do grupo Polaris confirma o acordo para montagem de todos os modelos a partir de kits CKD em Manaus (AM), na planta da Dafra, como já fazem BMW, MV Agusta, Ducati e KTM.

A linha será composta de todos os modelos já vendidos nos Estados Unidos, partindo da mais moderna e recente Scout, de 1.130cc, até a touring topo de linha Roadmaster. Além desta, estarão disponíveis outras três variações sobre a plataforma Chief, com o mesmo motor V2 de 1.818cc: Chief Classic, Chief Vintage (com para-brisa e malas laterais de couro) e Chieftain (carenagem frontal e malas rígidas). “Não há dúvida que a família Chief buscará uma fatia dos atuais consumidores de Harley-Davidson, mas esperamos que a Scout traga um novo público de outras marcas e até estilos de moto”, diz Rodrigo Lourenço, diretor executivo da Polaris para a América do Sul.

As primeiras concessionárias estarão ativas já no último trimestre e as inaugurações nas maiores praças avançarão em 2016. Serão pontos exclusivos da Indian para “comunicar o conceito e a tradição da marca”, onde serão vendidos acessórios e roupas em modelo semelhante ao da concorrente. O diretor planeja a abertura de um número de lojas inferior às 19 da Harley, mas conta que as expectativas da matriz quanto ao Brasil são grandes e que a recessão atual deve ser de curto prazo e não alterou os planos para 2016. “Nos próximos três anos veremos uma expansão da linha nos Estados Unidos, incluindo modelos de menor cilindrada, que será reproduzida no país”.


 Fonte: www.revistaduasrodas.com.br






 



 

sábado, 27 de junho de 2015

Yamaha atualiza Lander 250 e Fazer 150

Modelo de 250cc ganhou motor flex e novo painel; Fazer, agora apenas em versão única, ficou com estilo mais esportivo

 
Depois da Ténéré 250, mais dois modelos da Yamaha ganham atualização na versão 2016. A trail Lander 250 e a street Fazer 150 foram aprimorados e chegam às lojas na segunda quinzena de julho por R$ 14.150 e R$ 8.960, respectivamente.

Assim como na irmã aventureira, a Lander recebeu motor bicombustível e um novo painel digital, agora com indicador ECO, que mostra quando o motor trabalha na faixa de rotação de maior eficiência. Piscas cristal, grafismos e nova oferta de cores – branca e cinza se juntam a azul e laranja – completam a gama de novidades.

Já a Fazer 150 – oferecida em versão única – ganhou ares de maior esportividade, a começar pela posição de pilotagem, com guidão mais baixo e pedaleiras recuadas. Reforçam o conceito os novos grafismos e a cor preta de partes do motor, garfo dianteiro e alça do garupa, em alumínio anatômicas em vez das tubulares.

Contrapesos nas pontas do guidão, novos espelhos – os mesmos da “irmã” 250cc – e as cores vermelha e azul são outras novidades. Vale destacar também o painel, agora com relógio, lampejador de farol e indicador ECO.


 

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Honda anuncia competição de moto em Pernambuco

 
A Honda anunciou no CETH (Centro Educacional de Trânsito Honda), em Recife (PE), uma etapa do SuperBike Brasil, em Caruaru (PE), com duas categorias: Copa Honda CBR 500R e Honda Junior Cup. As corridas serão disputadas dia 27 de setembro, no autódromo internacional da cidade.
 
 
As duas classes reúnem novos talentos da motovelocidade do Brasil. No terceiro ano, a Honda Junior Cup é uma categoria-escola para a formação de pilotos. Com a Honda CG 150 Titan, crianças e adolescentes, entre oito e 16 anos, participam de um trabalho completo de preparação, que envolve aulas teóricas e práticas, que são as próprias atividades na pista. Após duas etapas em 2015, a liderança é de Maria Fernanda Rocha, a Mafê, de 11 anos. Ela não venceu, porém manteve a regularidade que a deixou na ponta da classificação do campeonato.
 
 
A categoria Copa Honda CBR 500R conta com competidores de faixa etária variada e de muito talento. Entre os participantes está o Renzo Ferreira, de 13 anos. Campeão da Honda Junior Cup em 2014, o garoto é um dos destaques da Copa Honda CBR 500R na temporada. Ele venceu a primeira corrida da temporada, em Goiânia, em abril. Na prova seguinte, no Velopark, Renzo terminou em segundo, mesma posição que ocupa na geral da competição, mas com o mesmo número de pontos do líder Leonardo Tamburro.
 
 
“Uma das estratégias da Honda é proporcionar lazer, emoção e entretenimento ao publico através de corridas de motos. Há muitos anos não é realizada uma competição de nível nacional em Caruaru”, afirma Edival Rondinelli, supervisor de marketing esportivo da Honda.
 
 
Foto: Vinícius Costa/Vipcomm